sábado, 2 de julho de 2011

Feng Shui na entrada da casa



O equilíbrio e harmonia de nossa casa se refletem em nossa vida, por isso é tão importante selecionar o local onde moramos. A energia dos vizinhos podem entrar e afetar a nossa prosperidade, nossa saúde, nossos relacionamentos e nossa família, entre outros. Se a vizinhança de sua casa é bem cuidada, se há parques e jardins floridos, a energia que você recebe será positiva.

No entanto, se há hospitais, delegacias, prisões, cemitérios, funerárias, necrotérios, templos religiosos, lixões, terrenos baldios, casas abandonadas, matadouros, a energia recebida será negativa, pois são locais onde há energia Yin ou estagnada de dor, tristeza, sofrimento, revolta, desespero, abandono, morte, putrefação. Se há áreas indústriais, torres e estações elétricas ou torres de transmissão, são locais que emanam energia que afetam o sistema nervoso. Se há caixa d'água em frente à sua casa, pode ocasionar problemas emocionais. Bares, boates e danceteria agitados podem causar perturbação na concentração e outras.


Outra consideração é a aparência externa de sua casa. Paredes sujas, rachaduras, vidros e portas quebrados, jardins
mal cuidados, demonstram uma energia estagnada. Da mesma forma, transformadores ou árvores altas que impedem a visão de sua casa acumulam muita energia Sha. No entanto, jardins bem cuidados, flores, animais domésticos bem tratados, retratam os cuidados que você dispensa às coisas que lhe são caras e refletem as energias que o acompanham. É importante equilibrar as energias.

Para o Feng Shui, toda a casa deveria ter um rio calmo e sereno passando diante da porta principal de entrada,
trazendo a saúde, prosperidade e alimentos para seus moradores e levando embora as energias negativas. Nem sempre podemos ter um rio passando frente à porta de nossa casa, mas podemos utilizar elementos que nos lembrem a água, como objetos, quadros, fontes, aquários, gravuras de mar, fotos de barco ou de cachoeiras, além de motivos náuticos. O elemento água estimula a energia vital, atraindo a abundância material.

Outro cuidado é que a numeração da casa seja de fácil identificação. A sorte pode não chegar se não conseguir te
encontrar. Além disso, a porta de entrada deve abrir totalmente e com facilidade, pois portas emperradas ou com móveis que impeçam a abertura total, impedem a entrada das boas energias. Os sinos de vento atrás da porta ativam as energias sempre que a porta seja aberta.

A sala de estar é um local de convívio e de troca de energias, onde devemos nos sentir confortáveis. É um lugar onde entra a energia vital que inunda toda a casa. Móveis com cantos arredondados, sem pontas, propiciam o fluxo de energia sem impedimentos. Velas aromáticas, plantas e cores vivas em objetos de decoração servem para conduzir a energia para outras divisões.

O ambiente deve ter muita luz natural e os espelhos não podem faltar. Eles servem para filtrar energias e rebater as
energias negativas. Porém os espelhos não devem ser colocados de frente para a porta de entrada, pois podem rebater as energias negativas e também as positivas. É preferível colocá-los alinhados à porta, pois assim podem sugar as energias que chegam em nossa casa.

O uso de cores pasteis, sóbrias e luz indireta sugerem aconchego e paz. Flores naturais e cristais estimulam o setor
espiritual. Cadeiras ou poltronas em pares ou iguais, tornam a vida a dois mais harmoniosa e solidificam o amor. Tenha um canto especial para colocar objetos que lembrem seus entes e amigos queridos, enfeites que lembrem lugares que visitou e sentiu-se bem, ou um canto com um pequeno oratório conectando o ambiente com a sua fé.

Algumas mudanças na casa ou nos ambientes pode ser a condição primordial para receber os benefícios da técnica Feng Shui, como por exemplo, mudar a posição da porta de entrada, construir um muro bem alto ou plantar árvores altas que cubram a visão do vizinho, colocar um Baguá com espelho convexo na porta de entrada pelo lado de fora.

Fazer circular a energia positiva é apenas o princípio dos benefícios que virão à medida que as adaptações consistirem em melhorar o fluxo de energias. Muitas vezes, pequenas modificações, organização e retirada de alguns objetos obsoletos já são capazes de provocar uma grande mudança energética em sua casa e em sua vida.

Feng Shui no banheiro



Considerado um ponto problemático na aplicação do Feng Shui, o banheiro assume a principal importância já que é o principal escoador de energias da casa, desvitalizando o local e os cômodos próximos. É no banheiro que que se escoam os detritos sanitários e a água do banho, que são energias em desequilibrio, através dos ralos, esgotos e do vaso sanitário, além de que é onde há o maior fluxo de água da casa. Assim sendo, alguns cuidados são necessários para que o banheiro não se torne um local de fuga das energias positivas e consequentemente da riqueza, já que o elemento água corresponde ao dinheiro e à prosperidade.

Local onde depositamos os nossos dejetos e as impurezas, os cuidados dispensados do banheiro visam evitar perdas materiais ou gastos desnecessários, problemas de saúde, dificuldades nos relacionamentos e no trabalho, além de desequilibrio no ambiente familiar e na qualidade de vida. Os banheiros tem funções particulares e ali nos expomos de forma vulnerável diante das sujeiras físicas, cheiros e secreções. Por isso, o banheiro é considerado um desvitalizador e contaminado por energias densas.


A localização do banheiro é essencial para a saúde energética da casa e seus moradores. Um banheiro nunca deve estar de frente para a porta da cozinha, pois desvitaliza a prosperidade. Igualmente estando frente às portas dos quartos provocam insônia, agitação e interfere na revitalização. Também é negativo quando a porta de entrada da casa se abre diretamente para um banheiro. Assim, a energia que entra na casa pela porta principal é automaticamente sugada pelo banheiro e remetida pelo ralo, deixando todos os outros ambientes sem energia.


Os corredores tem a propriedade de acelerar o Chi, a energia vital. Por isso, banheiros localizados no final de um corredor levam a energia rapidamente para o ralo interferindo na saúde de seus moradores. O banheiro jamais deve estar no centro da casa, pois o centro é o coração da casa e também nunca deverá estar posicionado na área relativa à família, pois pode trazer doenças aos seus moradores. A iluminação e ventilação são essenciais para renovar as energias do ambiente.


Se o vaso sanitário está em frente à porta de entrada do banheiro, coloque acima do vaso um belo quadro, um espelho ou algum objeto que atraia a atenção de quem entra e evitando que olhe diretamente para o sanitário e receba o impacto de energia negativa. A tampa do vaso deve permanecer fechada, o ambiente limpo e os ralos fechados ou tampados. Para dar equilibrio ao ambiente, use vasos com flores de cores vivas, plantas ou um vaso com violetas sobre o lavatório que tendem a atrair energias positivas.

Porém a decoração não deve ter muitos objetos, a simplicidade é mais recomendada. Para elevar o padrão da energia opte por objetos de cor verde ou em madeira.
Um pequeno espelho atrás da porta do banheiro tende a evitar que as energias negativas possam atingir outros ambientes da casa. Usar desinfectante ou essências à base de pinho ou eucalipto além de reduzir o stress mental e são purificadores de energias.

Assim como em todos os cômodos da casa, retire objetos quebrados e sem uso, pois são energias estagnadas que impedem o bom fluxo e roubam energia. Evite também encanamentos velhos, vazamentos, vaso sanitário ou pia danificados, descargas com defeito, vidros da janela quebrados, portas com defeito, toalhas úmidas e roupas sujas no banheiro.


Cremes, shampoos e sabonetes devem ter um lugar próprio de organização. Perfumes e sprays que propiciam um aroma agradável tornam as energias positivas. No Feng Shui, a casa é considerada um corpo, um organismo vivo que só terá saúde se soubermos cuidar e afastar o que pode afetá-la. Quando fazemos circular as energias positivas existentes na casa, logo podemos perceber as mudanças energéticas do ambiente, nos fazendo sentir mais motivados e alegres.

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Feng Shui na cozinha



A cozinha é considerada uma área onde se gera prosperidade, abundância e riqueza. É o local de preparação dos alimentos e, portanto, de reposição de energias que nos dão saúde. Assim, a cozinha se torna um ponto energético da casa e cuidar dessa energia é fundamental.

O posicionamento ideal para a cozinha é em uma das pontas da casa, orientada para o sul, com janelas para o leste ou
oeste. Porém quando não se pode atender esses requisitos ou algo represente uma ameaça exterior para o bom fluxo da energia Chi, podem ser utilizadas algumas medidas de correção. Evite dispor a cozinha ao lado de um banheiro ou com a porta do banheiro de frente para a cozinha, que representam fuga de energia. Não sendo possível o remanejamento, a colocação de um biombo criará uma separação dos ambientes.

Segundo o Feng Shui, a cozinha deve ter janelas para que haja iluminação natural e para que seja arejada. Boa luz e ar
fresco promovem o movimento da energia Chi, beneficiando quem prepara o alimento e para quem o alimento será servido. Quando as janelas são muito pequenas ou não há muitas janelas, é necessário tornar a cozinha mais clara. Pode-se conseguir esse efeito usando a cor branca ou uma cor bem clara nas paredes, no teto, no fogão, na geladeira e nos móveis da cozinha, além da iluminação artificial.

Um dos elementos que devem ter destaque na cozinha são os alimentos. Um bom estoque de comida, de qualidade e em
boa quantidade, faz com que a família se sinta próspera. Embora alguns alimentos necessitem de serem guardados em armários ou na geladeira, deixar alguns alimentos e frutas expostos no balcão atraem boa saúde, pois as pessoas sempre estarão vendo a disponibilidade alimentar à sua frente, e portanto, vendo a prosperidade e riqueza. Porém, nunca mantenha expostas as frutas estragadas.

Outro efeito é ter um quadro com alimentos, frutas ou legumes na parede da cozinha. Um aquário traduz fartura e um vaso de hortelã ou alecrim são ervas que purificam o ambiente. A cor verde na cozinha estimula o lado criativo que pode estar presente em vasos e arranjos. O amarelo também atrai prosperidade e riqueza que podem estar presentes através de flores amarelas. Facas, lâminas e objetos cortantes devem ser guardados em armários, pois pertencem ao elemento Metal que gera o elemento água e cria conflito com o elemento fogo.

Uma cozinha energizada é aquela usada para cozinhar e se alimentar. Dessa forma, a cozinha deve transmitir a ideia de produção. Esse efeito pode ser obtido através de panelas, pratos, talheres e utensílios de cozinha, panos de prato ou livros de receita à mostra. Mas o maior representante da cozinha é o fogão, que merece atenção especial, sendo considerado o Cofre da casa.

O fogão deve estar sempre bem limpo, em bom estado de conservação e funcionando todas as bocas e o forno. O fogão é
um elemento Fogo, uma energia Yang que pode entrar em conflito com outras energias necessitando correção. Por isso, o fogão nunca deve estar próximo à geladeira, ou à pia ou sobre encanamentos de água ou próximos aos ralos, que são elementos de água, uma energia Chi. A solução mais viável é mudar ou afastar o fogão. Se não for possivel, coloque entre o fogão e os elementos água, objetos de cor verde ou de objetos de madeira.

O fogão não deve ser visto pelos outros cômodos da casa, mas se não for possível mudá-lo de lugar mantenha a porta da
cozinha fechada ou pode-se cobrí-lo com um forro ou toalha. Também quem estiver cozinhando deve ter a visão do que se passa na cozinha, para não se sentir vulnerável. A solução é mudar o fogão de lugar ou colocar um espelho atrás do fogão. Além disso, a imagem do fogo se torna multiplicada no espelho o que favorece a prosperidade. Da mesma forma, a limpeza e higiene da cozinha, um pequeno tapete perto da pia, potes com ervas, plantas, flores ou um sino de vento na porta da cozinha fazem com que as energias positivas se espalhem pela casa.

Lixeiras, sacos de lixo, restos de comida, latas e vidros sem utilidade, alimentos deteriorados dentro da geladeira,
acumulam energia estagnada e afetam a prosperidade. Por isso devem estar fora da cozinha e longe da porta da cozinha. Da mesma forma, o fogão próximo a encanamentos e caixas de esgoto ou fossas, sujeira da cozinha ou do fogão, pia com louças sujas, esponjas e panos de pratos sujos, prato de comida de cães e gatos na cozinha, poucos alimentos e geladeira vazia são impedimentos para o fluxo de energias positivas.

Se a casa é um corpo, a água é o sangue. Vazamentos em canos, torneiras pingando, descarga escorrendo, são como um corte aberto em sua casa sem cicatrizar, que levam embora parte da energia positiva de sua casa e da sua prosperidade. .

Feng Shui no quarto


Segundo o Feng Shui, o espaço em que vivemos tem grande influência em nosso dia-a-dia e em toda a nossa vida: afetiva, profissional ou financeira. Através do Feng Shui, soluções simples podem melhorar a nossa saúde, felicidade e prosperidade através dos objetos que podem energizar os ambientes de nossa casa.

Atualmente observa-se o posicionamento da casa em relação à rua, pois têm movimento e os altos prédios no entorno podem estagnar energias. Porém muitas vezes não é possível mudar a parte externa, por isso podemos aplicar pequenas dicas para a área interna das residências. A nossa casa é um prolongamento da nossa vida, portanto harmonizando os espaços segundo o Feng Shui, estaremos harmonizando todas as energias que nos envolve mas é importante atender também o nosso gosto pessoal.

O quarto sempre será um dos mais importantes da casa, pois é o lugar de nosso refúgio e descanso, onde podemos recuperar nossas energias depois de um dia de trabalho. Por isso algumas regras visam propiciar melhor repouso além de garantir melhor reposição de energias. O ambiente deve sempre ser aconchegante, inspirar amor, tranquilidade e sensualidade.

Deve-se manter o quarto limpo, organizado e arejado. Além disso, trocar a roupa de cama com frequência e higienizar cobertores e mantas auxiliam na eliminação das energias estagnadas. Optar por lençóis de cores suaves, em tons claros, como amarelo claro, azul claro ou rosa tem um efeito relaxante. Segundo o Feng Shui a modéstia cria a felicidade, assim o uso de cores pasteis e luz indireta criam aconchego e paz.

Dê preferência a móveis de madeiras claras evitando o uso de móveis pretos e aparelhos eletrônicos em excesso no quarto, pois eles originam energia negativa. A posição dos móveis e objetos são importantes, mas a cama merece um destaque especial. No posicionamento da cama, evite que a cabeça esteja virada para o norte, pois isso dificulta o sono.

Da cama deve-se ver quem entra no quarto, porém não se recomenda os pés voltados para
a porta, pois este era um posicionamento usado nos rituais fúnebres. Também deve-se evitar que a cabeceira esteja posicionada abaixo de uma janela, pois sugere muito movimento e um sono agitado. É contraindicado ter cama sem cabeceira ou ter movimento atrás dela ao dormir, seria como se um "rio" em movimento passasse por você. O ideal é posicionar a cama contra uma parede ou colocar uma cabeceira alta, que evite movimento atrás de sua cabeça.

Os objetos aos pares favorecem o relacionamento; se possível, tenha um abatjour em cada lado da cama. O descanso é obrigatório e tudo deve inspirar amor e tranquilidade. Mantenha um porta retrato com a foto do casal, preferencialmente em uma moldura cor de rosa que simboliza harmonia, amor e união. Os cristais refletem a luz do sol e o quartzo rosa atrai sorte e harmonia no amor.

O Feng Shui sugere imagens de dois anjos para atrair energias positivas para o relacionamento. Também um elefante simboliza força para resolução de qualquer problema e imagens do sol e coração simbolizam união e romantismo. Objetos com defeitos, quebrados ou parados geram energia estagnada. Também o acúmulo de elementos sem movimento em determinadas áreas podem bloquear ou poluir o fluxo de energia.

Muitas pessoas querem harmonizar sua casa, no entanto, esquecem os "esqueletos do armário". A parte inicial do Feng Shui é retirar o máximo possível de elementos parados ou não usados. Para atrair energia positiva, faça circular a energia, retire papéis, roupas e objetos não utilizados, mude de lugar as roupas de pouco uso como os casacos de inverno, reorganize as gavetas. Sem estas medidas, mesmo que a casa pareça estar bonita, sempre terá cantos desequilibrados que se refletirão em sua vida.

Seguidores